12 agosto 2007

Feliz dia

"(Hoje) de manhã quando acordei
Olheia a vida e me espantei
Eu tenho mais de 20 anos
E eu tenho mais de mil perguntas sem respostas"
(...)
"Essa calma que inventei, bem sei
Custou as contas que contei
Eu tenho mais de 20 anos"
(...)

O Mundo ainda consegue me espantar. Bom, feliz aniversário a mim mesmo, espero estar aqui no próximo 13 de agosto. Agradeço aos meus amigos que ainda me suportam, agradeço até aos que já desistiram de mim (eu teria feito o mesmo). Se existe um pedido, creio já tê-lo feito hoje. Mais uma segunda cinza, como tantas outras.
"Dias
como a chuva eles caem
Mais altos que os trovões
Você não pode aliviar o peso do tempo"
O que me espera? Não sei!

4 comentários:

delírios disse...

amanhã é o dia do aniversário!!!

Andressa disse...

Passa da meia-noite. Feliz aniversário guri. Muitos dias pela sua frente, o mundo apenas começou. Só não se esqueça de deixar sempre o necessário de lado e fazer as merdas impensáveis. Às vezes acredito que existem pessoas interessantes e pessoas fundamentais. Pessoas interessantes são aquelas que nos dizem algo de grande importância uma única vez em nossas vidas. Pessoas fundamentais estão sempre a nos provar que as palavras mais caladas abrem um mundo de revelações, as quais jamais veríamos, pois perdemos nosso tempo em busca de pessoas interessantes. Dei muita sorte de achar em você essa coisa de fundamental. O mundo sempre quer o mais tolo, o que prova sua inteligência na conta bancária, os que se escondem atrás do próprio ego, uma pena. Parabéns meu amigo, com certo orgulho digo isso. Legal te achar depois de tanto tempo.

Jeferson disse...

Feliz aniversário, e é isso.

patavina disse...

Felicidades
elicidades
licidades
icidades
cidades
idades
dades
(H)ades
des
es
s

\o/